Pontos Turísticos

► A Rampa

 

Na Cidade

Ponto de chegada de Hidroaviões no Rio Potengi. A Rampa é uma antiga estação de passageiros e de transporte de correspondências, utilizada como base para receber hidroaviões.

Seu posicionamento estratégico, em Natal, a tornou de indubitável valor durante o transcorrer da Segunda Guerra Mundial, quando veio a se tornar a primeira base a operar missões da guerra na América do Sul. Atualmente, sedia um Museu da Aviação e da Segunda Guerra.

Aqui, em 1942, foi construída a maior base americana fora dos Estados Unidos. Aos cerca de 35.000 natalenses se juntaram mais de 10.000 soldados americanos, fato que alterou a feição da cidade, deixando-a com ares “americanizada”. Em razão disso, os hábitos dos natalenses foram profundamente alterados, como, por exemplo, as moças passaram a fumar, a beber e a freqüentar bailes, no mais perfeito estilo americano.

Natal perdia aos poucos suas características de cidade pequena. Seus habitantes que até então levavam uma vida modesta e tranqüila, passaram a fazer parte de um local que passou a tomar, inclusive, um aspecto cosmopolita, com a passagem pela cidade de pessoas de outras nacionalidades, com direito a figuras importantes, como D. Francis J. Spellman (arcebispo de Nova York), Bernard (príncipe da Holanda), Higinio Morringo (presidente do Paraguai), Sra. Franklin D. Roosevelt (Primeira-dama dos Estados Unidos), Sr. Noel Cherles (embaixador do Reino Unido no Brasil), a madame Chiang Kai Chek (primeira-dama de Formosa), T. V. Soong, ministro das Relações Exteriores da China, os atores Humphrey Bogart, Clark Gable, o músico Glenn Miller, o cantor Al Johnson, entre outras personalidades.

Mas, o que restou de tudo isso? Qual a herança histórica de Natal?
Quase nada. Enquanto vemos cidades como Casablanca, no Marrocos, também por sua condição geográfica, teve importante papel na Guerra, servindo, inclusive, de pano de fundo para um clássico do cinema, Natal mereceu um registro, acanhado, diga-se de passagem, quando aqui foi filmado “For All – O Trampolim da Vitória”.

Não dá para se entender como não temos um museu preservando um momento ímpar da nossa história. Quantos turistas, principalmente americanos seriam atraídos por esse pedaço da História? Infelizmente continuamos com o mesmo espírito pequeno, quando os feitos dos outros são mais importantes que os nossos.
--
CADASTUR: 20.021622.96-2.
--
Falem conosco... Estaremos 24h à disposição...

Tim: 84 9 9945 0925
Vivo: 84 9 8160 1690
Oi: 84 9 8819 6312
Claro: 84 9 9451 6977
WHATS APP: 84 9 9945 0925
--
Nossos e-mails...

E-mail 1: conhecamnatal@gmail.com
E-mail 2: contato@conhecamnatal.com.br
--
Vocês também podem nos seguir pelas redes sociais: Facebook / Instagram
--
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil

voltar
avançar

clique na imagem para ampliar
entre em contato